Bolo vegan sem glúten

06.04.13 :: 14:42. Arquivado em: Receitas.

Depois de alguns meses ausente volto para trazer uma receita que sofri um pouquinho para adaptar. A receita do bolo sem ovo e sem leite é da Tatiana do Panelaterapia, mas aproveitei a receita dela para adaptar em cima e fazer também sem glúten (quanta ousadia, não? rs). Depois de algumas tentativas ele saiu, e agora você confere a receita adaptada em primeira mão!

Bolo vegan sem glúten

  • 1 xíc. de chá de fécula de batata
  • 3/4 xíc. chá de farinha de arroz integral
  • 1 xíc. de chá de açúcar
  • 1 e 1/2 col. sopa de fermento
  • 1/2 col. de café de sal
  • 1/2 xíc. de chá de azeite de oliva extra virgem
  • 1 col. chá de essência de baunilha (opcional)
  • 1 xíc. chá de água morna
  • 1/2 xíc. chá de cacau em pó

Preaqueça o forno a 200ºC e unte uma forma com óleo e cacau em pó. Reserve. Peneire as farinhas, o açúcar, o fermento e o sal numa tigela, misture e reserve. Em outra, misture a água morna com o azeite, a essência de baunilha e o cacau em pó. Misture o conteúdo das duas tigelas até dissolver completamente os ingredientes secos. Despeje na forma previamente untada e asse por aproximadamente 30-40 minutos.

Este bolo não fica fofinho como um bolo feito com farinha de trigo ou ovo, mas o sabor dele é muito bom! Você também pode cobrir o bolo com uma calda de cacau com “leite vegetal” e se deliciar!

A idéia desta receita não é só para os vegetarianos. Existem muitas pessoas com hipersensibilidades alimentares, principalmente ao leite, ovos e glúten. Essas alterações podem ser avaliadas através de exames e sinais físicos, sendo indispensável o acompanhamento por médico e nutricionista.





Tags: , , , , , , , , , , ,


Gelatina de uva feita em casa

23.01.13 :: 22:14. Arquivado em: Receitas.

A vantagem de se fazer gelatina em casa é que você sabe quais os ingredientes vão ali dentro, sem aromatizantes ou corantes artificiais, podendo inventar, o que torna essa receita ainda mais versátil.

A mais prática de fazer é a de uva, pois é só comprar o suco integral (aquele sem diluição e sem açúcar que vem em garrafas de vidro no supermercado) e misturar com a gelatina.

Ingredientes:

  • 1 pacotinho (12g) de gelatina incolor sem sabor
  • 500ml de suco integral de uva (se possível orgânico)

Coloque a gelatina numa vasilha e acrescente 5 colheres de sopa de água para hidratar. Depois de 5 minutos hidratando leve ao banho maria até dissolver por completo. Acrescente o suco de uva e misture. Coloque em potinhos individuais ou num pote grande e leve a geladeira para adquirir consistência.

A uva roxa é fonte de resveratrol, uma substância antioxidante que está envolvida com a proteção dos vasos sanguíneos e do coração. Por conta do suco ser concentrado, dá pra fazer sem acrescentar nem um pouquinho de açúcar ;)





Tags: , , , , , ,


Suco verde com abacaxi

17.01.13 :: 23:13. Arquivado em: Detox, Receitas.

A receita de hoje é uma incrementada no já conhecido suco de abacaxi com hortelã, que já tem aquele frescor próprio, mas que pode ficar ainda mais nutritivo e “radiante”.

Ingredientes:

  • 2 folhas médias de couve (sem o talo) ou 4 cubinhos de couve
  • 15 folhas grandes de hortelã miúdo
  • 1 pedaço pequeno de pepino com casca e sem sementes (aproximadamente 2 dedos de largura)
  • 1 pedaço de 2 cm de gengibre sem casca (se o seu gengibre for grossinho pode colocar apenas 1 cm de largura)
  • 1 abacaxi médio maduro descascado
  • 400ml (2 xícaras de chá) de água
  • Gelo a gosto

Rasgue as folhas da couve com as mãos no liquidificador, acrescente os demais ingredientes e bata até triturar bem todos eles. Se desejar, passe por uma peneira grossa e sirva com cubinhos de gelo. Para fazer uma gracinha, decore os gelos com folhinhas de hortelã pequenas, colocando na cuba de gelo ao acrescentar a água.

O abacaxi e o pepino são vegetais da safra atual, o que nos incentiva a consumi-los seja na salada, como sobremesa ou nos sucos. Além de ajudarem na hidratação, fundamental para manter a pele bonita e o organismo funcionando direitinho, principalmente nesse calorão, o abacaxi ainda possui enzimas que podem ajudar na digestão.

O gengibre é um potente antimicrobiano, anti-inflamatório, antioxidante e também estimula a liberação de enzimas digestivas. Por ter um sabor marcante nem todo mundo gosta de exagerar, por isso a quantidade na receita é pequena, mas não é algo fixo: se gostar, coloque um pedacinho a mais.

A couve já foi comentada aqui antes. O hortelã também é o responsável pelo frescor dessa bebida, melhora a função digestiva e ajuda no processo de destoxificação.





Tags: , , , , , , , , , ,